top of page
  • Tatiane Nunes

Saipher apresenta soluções no Congresso Latino-Americano de Satélites

Atualizado: 5 de out. de 2023


O Congresso Latino-Americano de Satélites, principal evento do setor no Brasil, reuniu representantes de operadoras de satélites de comunicações no Rio de Janeiro, nos dias 26, 27 e 28 de setembro. O evento abordou temas cruciais, como satélites de nova geração, estratégias de mercado, políticas públicas e regulamentação, e novas tecnologias como 5G e IoT.

Uma tendência destacada no evento foi a mudança das grandes operadoras de satélites de órbitas geoestacionárias para órbitas médias e baixas, adotando sistemas multi-órbita. A Saipher marcou presença, representada pelo Diretor de Inovação e Novos Negócios, José Vagner Vital, também Coordenador do Comitê Aeroespacial do Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa (SIMDE) Para ele, diante do cenário, ficou evidente a necessidade de sistemas de sustentabilidade espacial para aumentar a segurança e evitar problemas relacionados aos detritos espaciais. Vital apresentou soluções para aumentar a segurança espacial e lidar com debris, (fragmentos e detritos no espaço) e enfatizou a importância dessas abordagens. "A Saipher se destaca ao oferecer alternativas para esses desafios. Antes do Congresso, muitos operadores não sabiam que havia empresas no Brasil especializadas em rastreamento de lixo espacial e cálculo de conjunções para minimizar os riscos de colisões no espaço", ressaltou.

O evento contou com a participação de presidentes de companhias e conselheiros da ANATEL. Além disso, figuras importantes, como o ex-Presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Moura, o ex-ministro das Comunicações, Juarez Quadros, e a deputada Perpétua Almeida, que reconheceram a importância do investimento na indústria espacial. Vital avaliou ainda que “durante o Congresso, ficou clara a necessidade de uma política nacional para o setor espacial, que envolva não apenas satélites, mas toda a economia espacial. Isso criaria um ambiente mais favorável para o crescimento de empresas, fabricantes de satélites e prestadores de serviços essenciais, como a Saipher”.

A Força Aérea também desempenhou um papel crucial, enviando representantes do Centro de Operações Espaciais. Esses especialistas em dinâmica orbital são fundamentais na avaliação das conjunções e na redução de riscos em operações espaciais de defesa. Essa participação foi altamente valorizada durante o evento.


Mais sobre o evento

Além dos temas já citados, durante o Congresso Latino-Americano de Satélites, também houve debates e painéis sobre os seguintes assuntos: Comunicação embarcada (IFC) e veículos autônomos, Backhaul e non-terrestrial networks, Atendimento a áreas remotas e marítimas, Soluções governamentais e de defesa, Oportunidades em satélites de observação, Conteúdos e televisão, Oportunidade de networking com os principais players nacionais e internacionais do mercado.


Foto: Rudy Trindade / Themapress - @trindaderudy

36 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page